quarta-feira, 26 de novembro de 2014

MEIO DA SEMANA,DIA ATEREFADO

As quartas feiras são dias habitualmente atarefados,e cansativos 
 Dias que por vezes não temos mãos a medir com tanto que fazer
 Em que há sempre mais algo a fazer com urgência e que não pode ser adiado
Dias que de tão intensos,merecem que que no final se ocupem,ai sim,as mãos,e não só em duplos,ou mais,prazeres

14 comentários:

  1. Olha que bom que me sabia uma coisa assim hoje!:)
    Beijos bons

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pudesse eu ajudar nessa tua vontade linda ;))))) e não me queixaria de estar ocupado ao meio da semana hehehe ;)))))

      Eliminar
  2. Hummm ando a precisar disto, kkkkkkkkk

    Sussurros

    http://anginhasexy.blogspot.pt/

    http://deliriosamoresexo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se deve adiar o que se deseja..faz mal a saude Anginha,loooool ;))))

      Beijos magicos

      Eliminar
  3. Eita povo gulosa... Affff
    Desejo que divirtam-se então.
    Xero meu Mago

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada como ser..guloso e divertido ;)

      Beijos magicos

      Eliminar
  4. Há certos momentos mais "atarefados" que nunca cansam lol

    Beijo amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca mesmo por muito "árdua" que seja a tarefa ;)))) hehehehe

      Beijo grande amiga

      Eliminar
  5. Momentos deliciosos em imaginário rico em tesão proporcionada pelas fabulosas imagens.

    Estou por aqui:
    http://deliriosamoresexo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada como passar do imaginário a realidade,são muito mais deliciosos do que a imaginação pode dar Adim :))))

      Abraço

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Trabalho duro...mas com muitas e deliciosas recompensas Chocolícia ;)))))

      Beijinho :)

      Eliminar
  7. Trabalho de equipa corre sempre muito melhor!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hehehe,nem mais,é a fórmula certa para tudo ser mais agradável;)

      Eliminar

DEIXEM A VOSSA MARCA NO MEU TRILHO